Você está aqui
Home > Destaques > Sony patenteia câmera fotográfica para lente de contato

Sony patenteia câmera fotográfica para lente de contato

20160429sony_camera_lente_contato

Portabilidade é a palavra da vez. A ordem é ser fácil de carregar e fácil de compartilhar informações. Essa premissa foi verdadeira por muito tempo, mas anda meio esquecida. Vide os aparelhos celulares gigantescos de atualmente. Mas, algumas empresas estão trabalhando em ideias bem interessantes, pelo menos no que tange a fotografia. Algumas parecem soluções importadas diretamente de filmes de ficção científica, mas não deixam de impressionar.

Por exemplo. Samsung e Google já haviam patenteado câmeras que seriam acopladas em lentes de contato. Uma forma interessante de fotografar sem a necessidade de carregar equipamentos na mão, além de ser muito bacana o fato de registrar diretamente o que se está olhando.

Agora foi a vez da Sony entrar na brincadeira e registrar uma patente de câmera fotográfica com recursos bem avançados e que funcionaria em uma lente de contato. Pela patente, a câmera teria controle de diafragma, obturador, zoom ótico e estabilização de imagem além, claro, de uma unidade de armazenamento e uma de transmissão das imagens.

20160429sony_camera_lente_contatob-634x423

Segundo a patente o acionamento do obturador seria efetuado por uma forma de piscar diferente (fico imaginando como seria isso). Porém, a patente não deixa claro como seriam controladas as outras regulagens da câmera. Imagino que com configurações pré-definidas de piscadas. Me lembro das câmeras compactas que resistem a baixas temperaturas que possuem comandos que podem ser regulados pela forma com que você balança a câmera, pois foram pensadas para pessoas que estariam utilizando luvas pesadas.

Como toda patente, a Sony criou um conceito e as bases para a produção do equipamento, mas não explica os detalhes. Um dia vamos ver esse tipo de equipamento em produção? Talvez sim, mas pode demorar um pouco para serem resolvidos todos os entraves da coisa. Mas, a ideia é interessante e já penso em inúmeros usos para o equipamento. Quem viver verá.

Postado por Gilson Lorenti
Fonte: Meio Bit, Petapixel

Deixe uma resposta

Top