Você está aqui
Home > Destaques > Hiperfotografias do Francês Jean François Rauzier chegam a Brasília

Hiperfotografias do Francês Jean François Rauzier chegam a Brasília

Para cada exposição o fotógrafo produz uma série de imagens inéditas

Após a bem sucedida exposição do fotógrafo francês Jean François Rauzier no Rio de Janeiro, o artista apresenta suas hiperfotos em Brasília. A partir do dia 20 de abril (quarta-feira) até 05 de junho, o Museu Nacional da República ambienta a exposição Hiperfoto-Brasília, que oferece ao público do planalto central a oportunidade de conhecer sua técnica autoral.

Para serem produzidas as hiperfotografias de Rauzier passam por um processo longo e complexo. Manipuladas em computador, algumas delas, inclusive, alcançam um volume que pode sugerir uma escultura bidimensional.
A mostra em Brasília apresenta 31 obras de paisagens, arquitetura e ambientes da capital brasileira que oferecem ao espectador conhecer intensidades que ultrapassam ao normal.

Jean François Rauzier_IF_01

A obra de Jean François Rauzier dialoga com o cubismo, o mosaico, o surrealismo, o barroco e a escultura bidimensional. O projeto brasileiro de Rauzier visa apresentar as diferentes capitais escolhidas, Rio de Janeiro, Brasilia, Salvador e São Paulo sob um olhar e técnica únicos que o artista pesquisa desde 2002. Até o final da exposição do Rio de Janeiro Rauzier se debruçou essencialmente sobre a força da herança do mundo católico barroco. Mas sua visita preparatória a Brasília marcou uma verdadeira ruptura em sua maneira de conceber sua obra. “Rauzier foi tomado pelo construtivismo de Brasília, seu minimalismo, o branco puro dos edifícios mal esquentados por uma luz dourada ímpar… todos este elementos característicos acabaram por levar o artista em outras direções”, analisa Marc Pottier, o curador das exposições no Brasil.

Jean François Rauzier_IF_02

Jean François Rauzier_IF_03

Esta exposição propõe ao longo das imagens uma grande viagem a Brasília onde o espectador poderá reconhecer ou descobrir certos edifícios fechados ao público e alguns ícones da cidade como a Catedral, a Biblioteca, o Senado ou o Catetinho, primeira residência do Presidente Juscelino Kubitschek. Algumas imagens se tornam grandes caleidoscópios vertiginosos aos olhos do espectador.

O fotógrafo também participa de bate-papo na Aliança Francesa de Brasília (Asa Sul 708 / 907 Lote A – auditório), na quinta-feira, 14 de abril, às 19h30, com entrada gratuita para falar sobre sua trajetória artística, as hiperfotos e seu trabalho sobre Brasília.

As exposições no Brasil têm uma motivação a mais para Jean-François Rauzier. Como realizado no Rio de Janeiro, o fotógrafo idealizou uma obra coletiva com a participação dos brasileiros. Qualquer pessoa de qualquer local do Brasil pode participar com uma foto. Basta enviar as imagems paraHiperfoto-Brasil até o dia 15 de dezembro de 2017, quando a turnê de exposições no Brasil se encerra, em São Paulo. Os interessados devem entrar no site para saber sobre todos os detalhes de como participar. Todos os selecionados receberão uma cópia digital da obra, após o término da promoção.

Todas as imagens © Jean-François Rauzier.
 
Fonte: FHOX

Deixe uma resposta

Top