Você está aqui
Home > Destaques > Coleção de fotografias de Elton John é exibida na Tate Modern em Londres

Coleção de fotografias de Elton John é exibida na Tate Modern em Londres

Intitulada The Eye Radical (em tradução livre Olhar Radical), a extensa exposição de imagens modernistas apresenta obras icônicas na visão de Man Ray, Irving Penn e outros grandes fotógrafos

Manray - Glass Tears
Manray – Glass Tears

Sir Elton John não é uma pessoa que faz as coisas pela metade. O cantor começou a colecionar fotografias em preto-e-branco no século 20, mais precisamente no ano de 1991. A coleção provocou uma insaciável obsessão de 25 anos pela coleta de fotografia fine art. Hoje, ele tem uma das melhores coleções privadas do mundo, que abrange cerca de 8.000 cópias.

Andre Kertesz, Underwater Swimmer, Esztergom, Hungria, 30 de June de 1917
Andre Kertesz, Underwater Swimmer, Esztergom, Hungria, 30 de June de 1917

Nos próximos meses, as paredes do apartamento de Elthon John em Atlanta – que abriga a maior parte de sua coleção – estarão um pouco nuas, pois uma fração de sua coleção será exibida na Tate Modern. The Eye Radical: Coleção de Fotografias Modernistas de Sir Elton John é a primeira exposição do Reino Unido de seu tipo e apresenta cerca de 200 imagens de mais de 60 artistas seminais, incluindo Man Ray, Berenice Abbott, Andre Kertesz e Edward Steichen.

A exposição tem como foco imagens de 1920 a 1950, e apresenta algumas das fotografias mais raras e os mais emblemáticos fotógrafos da era modernista. Os destaques incluem uma cópia de contato do ano de 1917 do Underwater Swimmer (Nadador Subaquático) de Andre Kertesz e também séries marcantes de Irving Penn como “corner portraits” (retratos de canto), onde os sujeitos do fotógrafo – entre eles Salvador Dali, Gypsy Rose Lee e Noel Coward – posam em um espaço confinado. Estão em exibição 1932 uma obra-prima de Man Ray – Glass Tears (Lágrimas de vidro), que se tornou imagem do cartaz da exposição e foi comprada por John em 1993 pelo valor de £ 112.500. A obra foi logo em seguida avaliada por uma fração do preço, ele relembra a sensação de ter ficado louco por ter adquirido a obra. Hoje, a obra está avaliada em mais de £ 1m.

Apesar de já ter sido colocada em duvida por críticos e curadores, a fotografia é cada vez mais aceita como um meio válido de investimento em arte. O modernismo e o acolhimento de diversos talentos associados ao gênero certamente desempenharam um papel vital para o reconhecimento, é visto como a maioridade da fotografia.

Irving Penn, Salvador Dali
Irving Penn, Salvador Dali

“Colecionar fotografias ao longo dos últimos 25 anos abriu meus olhos – é uma das formas de arte mais importantes e inovadoras do século 20”, disse John. “Eu gostaria que todos saíssem da exposição pensando sobre os artistas por trás dessas imagens e que sintam-se maravilhados com o que eles experimentaram e como isso modificou para sempre a forma como vemos as coisas. Eles estavam indo onde nenhum outro fotógrafo tinha ido antes. Eu os considero verdadeiros aventureiros, o que eles fizeram foi extraordinário.”

Elthon Jonhn admite sua ignorância na fotografia de belas-artes antes de seu encontro com Fahey, e está disposto em compartilhar sua coleção – que ele descreve como “o amor artístico da minha vida” – com todos os entusiastas e amadores da fotografia.

“Muitas pessoas podem nem mesmo saber que eu tenho esta coleção”, diz ele, “mas a arte deve ser vista. É por isso que eu estou tão feliz que a Tate Modern compartilhe estas obras icônicas com o público. Estas fotografias têm me dado muito prazer por um longo tempo e eu espero que os visitantes experimentem tanta alegria em ver as obras como tive em encontrá-las.”

A exposição “The Eye Radical: Coleção de Fotografias Modernistas de Sir Elton John” estará aberta ao publico de 10 de novembro de 2016 a 7 de Maio de 2017 na Tate Modern de Londres. Os ingressos custam £ 16,50.

tate.org.uk

Fonte: TheWeek

Incomparável coleção de fotografias modernistas de Elton John em exibição na Tate Modern de Londres

Esta é uma oportunidade unica na vida para ver uma das maiores coleções privadas do mundo da fotografia, obras que abrangem o período clássico modernista dos 1920s-50s. Um conjunto incrível de retratos realizados por Man Ray ficarão exibidos juntos, pela primeira vez. A coleção foi coletada por Sir Elton John ao longo dos últimos vinte e cinco anos, incluindo retratos de Matisse, Picasso e Breton .

Com mais de 70 artistas e cerca de 150 gravuras raras do vintage na mostra de figuras seminais incluindo Brassai, Imogen Cunningham, André Kertész, Dorothea Lange , Tina Modotti e Aleksandr Rodchenko, esta é uma oportunidade para espiar dentro da casa e do prazer de Elton John em ver diariamente tais obras-primas da fotografia.

Dorothea Lange - Migrant Mother - 1936
Dorothea Lange – Migrant Mother – 1936
Ilse Bing Willem - Dancer - 1932
Ilse Bing Willem – Dancer – 1932
Alexander Rodchenko - Shukov Tower - 1920
Alexander Rodchenko – Shukov Tower – 1920
Herbert Bayer - Self-Portrait - 1932
Herbert Bayer – Self-Portrait – 1932
Otto Umbehr - "Katz" - Cat 1927
Otto Umbehr – “Katz” – Cat 1927
Tina Modotti Bandelier - Corn and Sickle - 1927
Tina Modotti Bandelier – Corn and Sickle – 1927
Margaret de Patta - Ice Cube Tray with Marbles and Rice - 1939
Margaret de Patta – Ice Cube Tray with Marbles and Rice – 1939
Fonte: Tate Modern
Tradução: Erico Mabellini  /  INFINITO FOTOGRAFIA

Deixe uma resposta

Top